Apresentação Institucional

OFICINA DO DESENHO é uma Associação Cultural, sem fins lucrativos, em Cascais que tem como objectivos a promoção cultural e recreativa dos seus associados e da população em geral, pelo fomento do ensino independente do desenho e das artes plásticas/artes visuais, desenvolvendo a sua instrução, formação artística e intelectual através do ensino, experimentação e prática, bem como promovendo e organizando eventos públicos, diversos, abrangentes e transversais com outras manifestações artísticas.


Trabalho público e assíduo só faz sentido quando partilhado entre os artistas e os alunos que sentirem os seus benefícios e as suas alegrias. E com os que nos procuram pela primeira vez para dar forma às suas experiências e anseios.

Na Oficina do Desenho não há classes. Há percursos. Cada aluno constrói connosco o seu projecto individual.

Cada visão é única e é essa matéria-prima que se molda com paciência, até extrair o que há de mais interessante e expressivo dentro de cada um.

Há uma gratificação inata e reconhecida na experiência artística que cada pessoa é capaz de desenvolver.

O método explorado para produzir um objecto artístico pode ser replicado em todas as circunstâncias da vida, com a vantagem de prestar uma grande atenção á beleza dos resultados.

Com o exercício da arte desenvolve-se, portanto, uma maior capacidade para produzir resultados que reflictam maior equilíbrio e gosto.


OFICINA DO DESENHO, realiza na multidisciplinaridade actividades artísticas visando a descoberta vocacional de jovens e adolescentes, bem como de uma forma expedita propõe aos mais velhos soluções para que estes ponham em prática os seus dotes criativos e artísticos, especialmente para aqueles que pretendam  dar continuidade à vida activa na pós aposentação.


OFICINA DO DESENHO, reúne em seu redor no âmbito da Cultura das Artes, artistas, mestres e professores disponíveis em divulgar as suas obras, bem como os seus saberes e competências.


Entre a Cultura e a Arte há o Homem e a sua indomável força transformadora.

Logo, pertence ao Homem tornar evidente que a Cultura e a Arte são intrinsecamente dotadas de um caracter histórico e social.

O pessoal OD é constituído por pessoas empenhadas e comprometidas com o desenvolvimento cultural e artístico, que põem em prática actividades que dinamizam a Cultura Ocupacional Objectiva ou seja, implementam o binómio Cultura/Ensino através, da experimentação e da prática do aprender/fazendo.

Em simultâneo ocupam-se do desenvolvimento da Cultura de Formação Alternativa, onde concretizam, através de formas várias, o crescimento das qualidades intrínsecas que transformam a força emocional em coisas concretas.


OFICINA DO DESENHO, presta assistência pedagógica e orientação artística (curadoria e tutorização), a todos aqueles que pretendam manifestar e divulgar as suas obras autorais. 

Desenvolve actividades de estudo, investigação, produção e edição de publicações artísticas e de múltiplos de obras de arte (gravuras, serigrafias. litografias, fotografias, arte video, arte digital, etc.)

Planeia e organiza exposições, colóquios, tertúlias, etc.


OFICINA DO DESENHO, como associação de artistas e amantes das artes, promove o intercâmbio entre desenhadores, pintores, escultores, artesãos, designers, arquitectos, fotógrafos, cineastas, de igual modo com associações culturais e artísticas, nacionais e internacionais.

Manifesta publicamente as suas convicções sobre o que deve ser feito para que as políticas da CULTURA e das ARTES sejam reflectidas em termos democráticos, independentes e livres.



HISTORIAL


Para criar uma estrutura de ensino independente e inovador das artes plásticas/artes visuais em particular do desenho, foi a partir de uma ideia para Cascais apresentada em 2003 pelo pintor Rui Aço que desde logo surgiram vários apoios entusiastas que resultaram nas manobras necessárias para a constituição em 2008 da associação cultural e artística, OFICINA DO DESENHO, ASSOCIAÇÃO.



OS FUNDADORES


Ana Helena Luz Gonçalves Grácio, designer; António Carlos de Matos Martins, advogado; Francisco Manuel Neves e Castro Santos Garcia, produtor artístico; Francisco de Freitas Vala Salvador, geógrafo; João Manuel Miranda dos Santos Garcia, advogado; Joaquim de Sousa Mendes, médico; José Manuel Salazar Antunes de Freitas Cruz, pintor; Maria Eugénia Nunes Beja Cerejeira Crespo, investigadora; Miguel Nunes Sequeira Aço, designer; Nuno Miguel Miranda dos Santos Garcia, designer; Pedro Pinto da Costa Raposo Pires, arquitecto; Rita Benito Garcia Cardim Vala Salvador, designer; Rui Manuel Rodrigues Sequeira Aço, pintor.



Projectos a destacar:


desde 2005: Realização de colóquios e conferências de divulgação e promoção da cultura artística com as CONVERSAS DESENHADAS;

2005-2011: Direcção técnica e artística da Galeria de Arte SMC;

2005-2011: Realização dos projectos culturais ARTE COISAS & ARTES VÁRIAS. Design de jóias e artefactos de uso pessoal;

2008: Formação artística para a Câmara Municipal de Nisa - A Interacção do Design com as Artes Populares e os Ofícios Tradicionais;

2009-2011: Criação e realização do projecto COM.ARTE, divulgação e promoção das artes visuais e apoio ao comércio tradicional em Cascais através da participação de artistas plásticos expondo as suas obras nas montras das lojas;

2010-2018: Colaboração em projectos artísticos de integração social com a CERCICA e a NOVAMENTE;

desde 2012: Criação e realização de um conjunto de actividades ensaístas, livres e gratuitas com o LABORATÓRIO EXPERIMENTAL, incluindo o DESENHO NA RUA e as OFICINAS LIVRES;

desde 2012: Criação da bolsa de estudo para crianças - BOLSA JORGE MARCEL;

2013-2014: CAIXAS DOS DESENHOS e a PAREDE DO ARTISTA. Venda de obras inéditas a custo baixo;

2016-2019: Parceria com a GALERIA Art Club no Estoril, projecto de divulgação e promoção de artistas locais;

2017-2019: Parceria com a Divisão de Qualificação Ambiental da CMC no PAREDÃO d’ARTES;

2018: DEMOCRACIA’25 - Instalação artística que esteve patente ao público durante as comemorações do 25 de Abril na abertura Forte Santo António da Barra.



Exposições a destacar:


2008: Fernando Vidal, José Freitas Cruz e Rui Aço / “3 Homens e uma Barca” Centro Cultural de Cascais (Cascais)

2013: Alunos OD / 10º Aniversário, Centro Cultural de Cascais (Cascais)

2019: Rui Aço / “O Homem Domiciliado”, Galeria Arte Graça (Lisboa)

2020: Rui Aço / “Modéstia Laica”, Galeria de Arte Casino Estoril (Estoril)

2020: Paulo Paz / fotografia, Galeria Arte Graça (Lisboa)

2020: Rui Aço / pintura, Galeria de Arte do Centro Galego de Lisboa (Lisboa)

2020: 3 Artistas OD / Galeria - Junta de Freguesia Cascais/Estoril (Estoril)

2021: Artistas OD / 18º Aniversário, Galeria - Junta de Freguesia Cascais/Estoril (Estoril)



Amigos e Colaboradores:


Ar.Co, ArtForm, Associação NovaMente, Câmara Municipal de Cascais, Câmara Municipal de Góis, Câmara Municipal de Nisa, Câmara Municipal de Oeiras, Cascais Fight Center, Cascais Jovem, Centro de Interpretação Ambiental - Pedra do Sal, Chiado Editora, Cinema da Villa, Cultura no Muro, Corcova Música, Pintor Dário Vidal, Espaço L'Image, Fundação D. Luís I, Galeria Arte-Graça, Galeria Mozarella Gastro-Bar, Galeria Zé dos Bois, IADE, Instituto Politécnico de Tomar, José Mouga, Junta de Freguesia de Alcabideche, Junta de Freguesia de São Domingos de Rana, Livraria Mais, Lusíada/FAA, Rádio Marginal, OCCO - Orquesta de Câmara de Cascais e Oeiras, Paint in Portugal, Papelaria Grifo, Ponto das Artes, Santa Casa da Misericórdia de Cascais, SMUP - Sociedade Musical União Paredense, Sociedade Musical de Cascais, TEC - Teatro Experimental de Cascais, Treecolitche Arte Online, União das Freguesias de Carcavelos e Parede, União das Freguesias de Cascais e Estoril, Urbancreativity.